TREINE SEMPRE COM UM PROFISSIONAL DE ED. FÍSICA!

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Por:
Prof. Fabricio Fouraux
Pós-graduado em Anatomia Humana, Biomecânica Humana e Medicina Desportiva.
Mestrado em Bioética e Direitos da Saúde.

Trabalho de Perna Sim!

Não devemos como profissionais permitir que nossos alunos sejam os caras com as pernas pau, treinando somente os músculos superiores e ficando igual a um sorvete.

Vamos começar pegando pesado! Já é comprovado a anos pela fisioterapia que treinar musculaturas e fortalecer de forma desigual a outras, leva a lesões e desequilíbrio postural. Mas infelizmente as pessoas só estão começando a perceber agora. Temos que treinar o corpo de uma forma harmoniosa, tendo o cuidado de desenvolver primeiro os grandes músculos, a flexibilidade e criar as adaptações com o tempo certo, evoluindo assim de maneira consciente.

As cadeias anteriores e posteriores estão ligadas e em média, a musculatura posterior é treinada com menos exercícios do que os populares anteriores (Quadríceps). Exercícios anteriores merecem atenção, mas as duas cadeias precisam ser equilibradas.

Quando os quadríceps recebem muita atenção com volume de exercícios exagerados, privando pelo volume e não pela qualidade, deixam os glúteos, o bíceps femoral, o semi-membranoso, o semi-tendinoso e as panturrilhas para se defenderem sozinhos. Se o treinamento for para atletas, demonstra total desconhecimento de causa quando se prescreve um volume maior de exercícios anteriores, pois os glúteos e pernas têm muito mais fibras de contração rápida tornando-os mais poderosos e explosivos para correr, saltar, arremessar.

As cadeias posteriores e anteriores são como um casal juntos trabalham para criar equilíbrio, estabilidade, força e poder. Eles funcionam melhor quando ambas as partes são treinadas com volume iguais de intensidade. 

Uma forte cadeia posterior faz de você uma pessoa forte. Com glúteos e músculos posteriores encurtados, fracos ou inibidos, você terá uma co-contração dos posteriores fraca, desta forma não será capaz de correr tão rápido, ou pular tão alto, resultando em dores na região lombar e problemas nos isquiotibiais.

FICA A DICA: treinar todos os músculos do corpo de maneira consciente, com volumes adequados e sempre realizar trabalhos de flexibilidade posterior aos seus treinamentos.




“COLOQUE SEU CORPO NO LUGAR CERTO!”
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0 Flares Google+ 0 Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta