SAIBA COMO TREINAR MELHOR, COM MAIS QUALIDADE!

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Por:
Prof. Fabricio Fouraux
Pós-graduado em Anatomia Humana, Biomecânica e Medicina Desportiva.
Mestrado em Bioética e Direitos da Saúde.

Qualidade de informação é preocupante nas academias, não sendo difícil encontrar pessoas  seguindo conceitos errados e que infelizmente são divulgados a anos desta maneira nos ambientes de atividade física e principalmente pela Mídia (revistas, jornais, tv, rádio, sites). Devemos sempre ter em mente que opiniões pessoais, artigos não científicos, assim como sites não científicos, além dos meios já mencionados não serve de único parâmetro para basear uma opinião. SEMPRE PROCURE SABER MAIS, CONVERSE COM OS PROFISSIONAIS DO SEU MEIO E BASEI-SE NA CIÊNCIA.

Temos um grande problema nas salas de musculação, MUITA GENTE ACHA QUE SABE TREINAR,  mesmo não tendo formação para isso. Agora vamos imaginar se em toda área da Saúde fosse assim? Entraríamos no hospital e automedicaríamos? Fazer dieta para emagrecer é simples só cortar o carboidratos e açucares pronto? Pense nisso e veja o TAMANHO DO ENGANO QUE O CERCA!

ÓBVIO QUE EM TODA ÁREA EXISTE OS BONS PROFISSIONAIS, CABE A VOCÊ TER CONSCIÊNCIA CRÍTICA PARA PROCURA-LOS E USUFRUIR DOS SEUS SERVIÇOS ALCANÇANDO RESULTADOS!

Um bom exemplo desses erros é que vários praticantes de musculação criam resistência em treinar com intensidades mais elevadas, e acabam treinando de forma submáxima, prejudicando ou não tendo resultados. Esse comportamento, geralmente, é visto em indivíduos que não buscam resultados exclusivamente estéticos, como por exemplo, idosos, em mulheres com receio de ficarem “musculosas” e, principalmente, devido a falta de informação daqueles que buscam rápidos resultados estéticos.
É importante ressaltar que NA AVALIAÇÃO FÍSICA PERGUNTAMOS SEUS OBJETIVOS PARA QUE POSSAMOS PROGRAMAR A SUA CHEGADA A ELE, sendo assim independente de como está prescrito seus exercícios ele irá respeitar o que foi informado na avaliação física. LEMBRANDO, somente seguindo as orientações dos profissionais a risca você irá te resultados sólidos. Não se iluda com promessas de treinos “LEGAIS” ou “DIVERTIDOS”, já observou que nada na vida se conquista FACILMENTE?

O treinamento de força (musculação) possibilita inúmeros benefícios, tais como: prevenção da osteoporose, aumento da massa muscular, diminuição do colesterol, melhora da postura, melhora do condicionamento físico, dentre outros. Alguns destes podem ser alcançados com estímulos menores, mas a sua maioria necessita de uma intensidade adequada para ocorrer. Lembre-se: isso significa que você treinará próximo ao seu limite e não no limite dos outros. 
Outro GRANDE ERRO, são pessoas que malham juntas, seus objetivos podem ser os mesmos mas sua genética e constituição física são bem diferentes. A musculação deve ser orientada individualmente, a série preparada para a funcionalidade específica da pessoa.
Dê mais qualidade ao seu treino, deixe-o mais intenso, 
adotando uma postura correta durante os exercícios.


VEJA ABAIXO 3 DICAS:

  1. Amplitude do movimento e velocidade de execução: durante a execução do exercício, salvo situações especificas, o movimento deverá ser executado em sua total amplitude, de forma lenta, controlada e sem pausas de descanso nos pontos de “conforto” proporcionado pela mecânica do movimento. Esta zona ocorre quando a musculatura se encontra totalmente estendida ou flexionada. Caso essas variáveis não sejam observadas a intensidade do exercício e alterações fisiológicas importantes serão prejudicadas, bem como a flexibilidade no longo prazo.
  2. Número de repetições: o número proposto de repetições de cada série deve receber uma atenção especial. Devemos encará-lo como o objetivo a ser alcançado durante uma série. Este número não precisa ser fixo, como visto habitualmente, podendo ser flexível, caso o peso escolhido para executá-la não esteja adequado ao número proposto de repetições. A musculatura se desenvolverá a partir dos estímulos fisiológicos promovidos pelo treinamento que você está se submetendo, caso esse estímulo seja insuficiente, os resultados não serão os esperados.
  3. Intervalo de recuperação: o intervalo entre os exercícios e entre séries é uma das variáveis mais importantes, pois o “descanso” entre um estímulo e outro é determinante para o resultado. Ele contribui para que as alterações fisiológicas promovidas pelo estímulo sejam ou não recuperados em diferentes níveis de parcialidade, influenciando diretamente as respostas do treino. Respeitar os intervalos propostos faz diferença para os resultados e objetivos traçados.

SEMPRE SIGA A ORIENTAÇÃO DE UM PROFISSIONAL FORMADO!

COLOQUE SEU CORPO NO LUGAR CERTO!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0 Flares Google+ 0 Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta