FUTSAL NOVOS PARADIGMAS NA PREPARAÇÃO FÍSICA

0 Flares Filament.io 0 Flares ×
Pós-graduado em Anatomia Humana, Biomecânica e Medicina Desportiva.

Mestrado em Bioética e Direitos da Saúde.

Minha experiência com o Futsal vem da época do Futebol de Salão, em que se batia o lateral com a mão o goleiro não podia atravessar a bola e nem imaginar sair da área. Bons Tempos àqueles que corríamos sem parar em volta da quadra, ficávamos driblando cones a vida toda com horas de chute ao gol. Joguei nas categorias de base da Associação Atlética Cabofriense, disputando municipais que na época contava com times de arraial como o Tupy. O grande título, porém veio pelo Colégio Sagrado Coração de Jesus, treinado na época pelo Prof. Paulo Sérgio, onde nos sagramos Campeões Invictos Infanto da Copa Zacarias no Rio de Janeiro.

Desta época até hoje o Futebol de Salão mudou para Futsal, evoluiu não somente no nome, mas na técnica aplicada no jogo. Tem sido praticado em todo o mundo o que fez a globalização das regras jogo e principalmente da evolução do treinamento.

Grande parte desta evolução técnica foi a profissionalização dos treinadores e preparadores físicos que em sua maioria são profissionais da Educação Física com especializações neste tipo de esporte. O treinamento dos jogadores passa por uma utilização dos conteúdos das características do próprio jogo de futsal, tendo assim mais especificidade do que a época em que jogava. Os treinadores que já estiveram lá tem facilidade na compreensão e a busca de conteúdos específicos e consequentemente a orientação do treinamento voltado para área científica.

Temos que aproximar nossos treinamentos para o jogo, o mais próximo da realidade possível, sem dúvidas fica mais preciso para treinar, desenvolvendo no treinamento situações semelhantes ao jogo.

Mas nem por causa desse conceito devemos como muitos defendem abdicar do trabalho na musculação. Mas sim adaptá-lo para que aumente o rendimento dos atletas de maneira a contribuir para resultados melhores.

O jogo de futsal desenvolve-se em duas partes de 20 minutos de jogo, cada uma delas, com um intervalo de 10 minutos. Os jogadores dentro de quadra realizam atividades que se alternam entre várias qualidades físicas, capacidades coordenativas, lateralidade, estresse, realizando as ações em alta intensidade e curta duração com desgaste metal. A dinâmica de jogo não é fixa, têm características mutáveis, as exigências de competição são cada vez maiores.

A preparação física tem que suprir essas exigências, buscando uma maior especificidade, adequando métodos tradicionais de treinamento, quebrando paradigmas e se adequando as metodologias táticas atuais. Desta forma buscando definitivamente uma preparação para necessidades deste esporte.

Hoje assumi a responsabilidade direta pela coordenação da preparação física dos atletas do Tamoyo, responsabilidade essa dada pelo seu Técnico Kbeça. Vamos desenvolver um trabalho diferenciado em prol do Futsal.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0 Flares Google+ 0 Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta