COLESTEROL RUIM MUITO PIOR NAS CRIANÇAS

0 Flares Filament.io 0 Flares ×
10583906_991808314198844_2754469837278002466_n (1)Prof.Msc. Fabricio Fouraux (https://www.facebook.com/Fabricio-Fouraux-446668675368079/…)

Faço muitas AVALIAÇÕES FÍSICAS e facilmente notamos como as pessoas são bem despreocupadas em relação a exames de saúde rotineiros, principalmente com as crianças. Lembre-se que a partir dos 3 ANOS começa a formar estrias gordurosas nas paredes dos vasos das artérias. E se não tratada, a criança, mais tarde, pode vir a ser forte candidata a ter problemas cardíacos.
O artigo da UNIVERSIDADE DA FILADÉLFIA DE LONDRINA, contou com um grupo de 526 indivíduos, entre 7 e 14 anos, dos quais 202 anêmicos e 324 não-anêmicos. As investigações revelaram que 33,5% dessas crianças apresentaram alterações com relação ao LDL (colesterol ruim) acima dos valores desejáveis, e lipoproteína de alta densidade (HDL), considerada o colesterol bom, abaixo dos valores de referências tidas normais. O risco de comprometimento da artéria aorta pode ocorrer já aos três anos de idade, e das coronárias entre 10 e 14 anos, mostra a pesquisa.
Estudos apontam que aproximadamente 8% das crianças nessa faixa etária já apresentam lesões cardiovasculares. A investigação, por sua vez, indica prevalência de hipercolesterolemia (aumento do colesterol no sangue) em 16% das meninas e 17,5% nos meninos, ambos os grupos constituídos por anêmicos. A situação torna-se ainda mais preocupante, nesse caso, quando há indivíduos na família com história de hipertensão ou problemas cardiovasculares. Mas de modo geral, os males começam já na infância, como já foi constatado. Quando chegam na adolescência, se não tratadas, começa a formação de placas fibrosas e, com o passar do tempo, na fase adulta, podem aparecer placas de ateroma depositadas nas paredes internas dos vasos. Aí surgem a hipertensão, infarto, acidentes vasculares cerebrais e outros problemas cardiovasculares.
Uma alimentação errada e a FALTA DE ATIVIDADE FÍSICA ESTÁ PREJUDICANDO A SAÚDE DAS PESSOAS, principalmente se as mesmas são crianças. O organismo de uma criança que não pratica exercícios físicos tende a reduzir a produção do HDL (colesterol bom) aumentando o LDL (colesterol ruim). A função do HDL é evitar a deposição do LDL nas paredes dos vasos sanguíneos e também retirar o excesso dos tecidos extra-hepáticos para ser metabolizado no fígado. Também verificou-se que uma dieta adequada rica em nutrientes anti-oxidantes: vitaminas E, C, A e ácido ascórbico, evitam a oxidação do LDL prevenindo formação de placas de ateroma, aterosclerose e consequentes doenças cardiovasculares.
VAMOS MALHAR, CORRER E PEDALAR PARA O COLESTEROL RUIM BAIXAR.
Muita Energia.
Te Vejo na Academia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0 Flares Google+ 0 Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta